Movimento LIONS

LIONS CLUBE

                 Histórico de Lions: da idéia de Melvin Jones à atualidade

Uma reunião de "visionários de espírito prático" realizou-se no Hotel Lasalle,em Chicago, a 7 de junho de 1917, e ali foram acertadas as bases para reunião posteriorque seria, mais tarde em Dallas, Texas. As datas dessa reunião de junho informam que amesma foi organizada por Melvin Jones, de Chicago e secretário do Círculo de Negóciosdaquela cidade. Melvin Jones convidara para reunião a Associação Internacional deLions Clubes, de Evansville, Indiana, e também o Vortex Club de St. Louis, Missouri e aAssociação de Negociantes e Homens Profissionais de St. Paul, Minesota, assim como oOptimist e o Exchange Club, mas, este último não compareceu.
Surge, então nas atas de reunião, a figura do Dr. William P. Woods, ummédico de Evansville, Indiana, relacionado como Presidente da Associação Internacionalde Lions e representante de 27 Lions Clubes a ela filiados. Os documentos de registro doEstado de Indiana, revelam que, a 24 de outubro de 1916, o Dr. Woods, Carmi Hicks e C.R. Conen preencheram os requisitos para registro de uma Organização sem finslucrativos intitulada "Associação Internacional de Lions Clubes". Todos os Lions Clubesfundados depois de 30 de agosto de 1916, o foram sob essa denominação e, em 1 dejunho de 1917, havia 35 clubes que haviam recebido carta constitutiva da "AssociaçãoInternacional de Lions Clubes". Um mês antes desta data, a 16 de maio de 1917, MelvinJones solicitou ao Dr. Woods a sua presença, em Chicago, para uma reunião, visando aunião da Associação dos Lions com o Círculo de Negócios, do qual Jones era oSecretário. As atas dessa reunião referem que os Diretores do Círculo de Negócios, EdwinJ. Raber e W. J. Livingstone apresentaram uma proposta nos seguintes termos: "ADiretoria do Círculo de Negócios de Chicago entrou em negociação com o Dr. W. P.Woods, da Associação Internacional de Lions Clubes e com outros clubes com referênciaà filiação desses clubes e a Diretoria ficará com plenos poderes para organizar ecompletar todas as medidas para essa filiação e qualquer ato que faça nesse sentido seráuma ação desse clube e será obrigatória". A moção foi referida por A. E. Sheahan eadotada por unanimidade do Círculo de Negócios.
As atas demonstram também, que, mais tarde na reunião do Hotel Lasalle, oDr. Woods convidou os vários clubes representados para ingressarem na AssociaçãoInternacional de Lions Clubes. São suas estas palavras: "Embora todos os clubes dehoje, aqui representados tenham nomes diferentes, e considerando que os Lions Clubestêm uma organização internacional, com aproximadamente, trinta clubes em diferenteslocais dos Estados Unidos, e considerando, ainda, que os Lions Clubes não estão, agora,representados em nenhuma outra cidade dos clubes aqui presentes, eu, na qualidade dePresidente da Associação Internacional de Lions Clubes, faço agora, um convite para queesses clubes aceitem cartas constitutivas da Associação e se tornem partes de nossaorganização". O Vortex Club, de St. Louis aceitou a oferta e recebeu sua Carta a 25 dejulho de 1917. Melvin Jones resolvido a finalizar o assunto escreveu, em 19 de junho de1917, uma carta a J. T. Coleman, secretário do Lions Clube de Ardmore, Oklahoma,nestes termos: "O Dr. W. P. Woods, seu Presidente Internacional, enviou à nossaorganização um convite para aceitar a filiação e o nome de Lions Clubes. Nós jádecidimos fazê-lo, e nossa decisão será sem dúvida, de influência em conseguir outrosclubes em outras cidades para fazer a mesma coisa". O clube de Chicago, portanto, oantigo Círculo de negócios, recebeu sua Carta Constitutiva de Lions Clube no dia 2 deagosto de 1917, cerca de dois meses antes da chamada data de fundação da AssociaçãoInternacional de Lions Clubes, realizada em 10 de outubro de 1917.
O Dr. W. P. Woods convocou todos os clubes para "a primeira convenção deLions Clubes a se realizar na cidade de Dallas, Texas, nos dias 8, 9 e 10 de outubro desteano".(1917). Na manhã de segunda-feira, dia 8 de outubro de 1917, o Prefeito de Dallas,Joe E. Lawther, recebeu os Lions Clubes, no Palm Garden do Hotel Adolphus. Eram dezhoras da manhã. O Prefeito Lawther foi profético na sua visão do futuro do Lions,dizendo: "sua organização é constituída de homens que executam tarefas; homens quenão reconhecem obstáculos".
Na Convenção de Dallas, compareceram 22 clubes e outros seis clubes jáexistiam ou estavam sendo fundados naquela época. Vinte e três desses clubesfuncionaram continuadamente, desde essa data, e, na Convenção Internacional de 1951,em Atlantic City, foram oficialmente declarados "Clubes Fundadores do Lions". NaConvenção de Dallas, o Dr. Willian P. Woods foi eleito Presidente, por aclamação, MelvinJones foi eleito Secretário-Tesoureiro.
Esses 22 fundadores eram das seguintes cidades: Texarkana (Arkansas);Denver e Colorado Springs (Colorado); Chicago (Illinois); Shreveport (Lousiana); St. Louis(Missouri); Ardmore, Chickasha, Muskogee, Oklahoma City e Tulsa (Oklahoma);Memphis (Tennessee); Abilene, Austin, Beaumont, Dallas, Forth Worth, Houston, Paris,Port Arthur, Waco e Wichita Falls (Texas).
Na época da Convenção já funcionavam, também, os Lions Clubes de LittleRock (Arkansas), Pueblo (Colorado), El Reno e Muskogee (Oklahoma), tendo sidofundados, logo após os clubes de Oakland (Califórnia) e Temple (Texas). Na primeiraConvenção de Dallas, foram aprovados os Estatutos e bosquejados os Códigos de Ética,aprovado em 1918, e os Objetivos, fixados estes na Convenção de 1919. o emblemasurgiu, definitivo, em 1920.
De tudo isso, destaca-se que, na Convenção de Dallas, aqueles "visionários deespírito prático" harmonizaram uma diversidade de vozes, e criaram princípios decoerência, consistência legal e visão social. A partir de então, Lions começou a terestrutura para preparar o seu destino internacional. E daquela pequena reunião,engatinhando em Dallas, a Associação ganhou a forma desejada para torná-la uma forcade boa vontade e fraternidade em todos os cantos do mundo.
Melvin Jones foi declarado, oficialmente, Fundadorda Associação, na Convenção de Chicago, em 1958. Suadedicação a uma entidade já existente, aglutinando clubesesparsos e desenvolvendo sua ação benfazeja, concedeu-lhe otítulo. Perto de seu falecimento, em 1961, a 1 de junho, MelvinJones pontificou o que pensava sobre o Lions, dizendo: "Tenhoesperança de que haverá sempre uma terra do futuro para aAssociação Internacional de Lions Clubes; um objetivo quepersistirá sempre crescendo mais e mais. Cada vez que vamosnosaproximando dele ele estará sempre fora do nosso alcance,desafiando a todos nós para correr mais rápido, a trabalharmais fortemente, a pensar mais amplamente, enfim, a nosdoarmos cada vez mais, a servir mais e melhor".



Resumo Leonístico (Fundador, Sigla, Objetivos e Código de Ética do Leão)


A idéia de se criar um clube em que os sócios teriam como objetivo SERVIR acomunidade partiu de Melvin Jones, um norte americano nascido em 13 de janeiro de1879, no estado do Arizona nos Estados Unidos.
Em 1913, o advogado que tinha uma seguradora em amplo crescimento, foraconvidado por um grupo social, de nome The Business Circle (Círculo de Negócios) queera composto por empresários bem-sucedidos que procuravam expandir e prosperar osseus negócios ainda mais.
Cerca de dois anos após ingressar a este movimento, Melvin Jones começou aimaginar o que eles, distintos senhores, poderiam fazer com o talento que possuíamaplicando-os em sua comunidade e não apenas para eles próprios.Apoiado pela fiel esposa Rose Amanda Freeman iniciaram uma longa jornadade trabalho e mediante o envio de correspondências a todos os estados dos EstadosUnidos atrás de grupos e pessoas que, como o The Business Circle, desejassem somarforças para criarem em um Movimento em prol da comunidade e com a prestação deserviço voluntário.
Todavia muitas foram às respostas, negativas na sua maioria. Ainda sim em07 de junho de 1917, reuniram-se 12 pessoas que discutiram entre si e decidiram emassistir àquela idéia, sendo aprovada e, posteriormente, denominada de Lions Clubes(Clubes de Leões).
Em 10 de outubro daquele mesmo ano houve, então, no estado do Texas, a IConvenção dos Lions Clubes. Reuniram-se 22 clubes de 08 estados americanos.A palavra Lions fora definida como "Liberty, Intelligence, Our Nation's Safety",ou seja, "Liberdade e Inteligência são a Segurança de Nossa Nação".
A sigla significa hoje:
L - LiberdadeI - IgualdadeO - OrdemN - NacionalismoS - Serviço
Os Lions Clubes hoje estão presentes em mais de 192 países ou espaçosgeográficos em todo mundo. Segundo a Associação Internacional de Lions Clube, o Brasilconstitui a identificação de letra "L", e os seus quatro respectivos Distritos Múltiplos LA,LB, LC e LD.
O Lema da Associação Internacional de Lions Clubes é We Serve (NósServimos.
Seus objetivos são:
- CRIAR e fomentar um espírito de compreensão entre os povos da Terra;- PROMOVER os princípios de bom governo e da boa cidadania;- INTERESSAR-SE ativamente, pelo bem estar cívico, cultural, social e moralda comunidade;- UNIR os clubes com laços de amizade, bom companheirismo e compreensãomútua;- PROMOVER um fórum para a livre discussão dos assuntos de interessepúblico, excetuando os assuntos de ordem política e religiosa, os quais nãodevem ser discutidos pelos sócios no clube;- ESTIMULAR as pessoas com mentalidade de serviço a servir a suascomunidades sem recompensa financeira pessoal, estimular a eficiência epromover elevado padrão de ética no comércio, na indústria, profissões,serviços públicos e nos empreendimentos privados.
Aliado a isso, a Associação Internacional de Lions Clube possui o Código deÉtica do sócio Leão, que contem as seguintes prerrogativas:
- DEMONSTRAR fé nos méritos da minha profissão, esforçando-me paraconseguir honrosa reputação, mercê da excelência dos meus serviços;- LUTAR pelo êxito e pleitear toda remuneração ou lucro que, eqüitativa ejustamente mereça, recusando, porém, aqueles que possam acarretardiminuição de minha dignidade, devido a vantagem injusta ou açãoduvidosa;- LEMBRAR que, para ser bem sucedido nos negócios ou empreendimentos,não é necessário destruir os dos outros. Ser leal com os clientes e sincerocomigo mesmo;- DECIDIR contra mim mesmo no caso de dúvida, quanto ao direito ou a éticade meus atos perante meu próximo;- PRATICAR a amizade como um fim e não como um meio. Sustentar que averdadeira amizade não é resultado de favores mutuamente prestados, dadoque não requer retribuição, pois recebe benefícios como o mesmo espíritodesinteressado com que os dá;- TER SEMPRE presente meus deveres de cidadão para com minha localidade,meu Estado e meu País, sendo-lhes constantemente leal em pensamento,palavras, obras, dedicando-lhes, desinteressadamente, meu tempo, meutrabalho e meus recursos;- AJUDAR o próximo, consolando o aflito, fortalecendo o débil socorrendo onecessitado;- SER comedido na crítica e generoso no elogio; construir e não destruir.